Quem sou eu

Minha foto
Petrópolis, RJ, Brazil
Danny Reis, cantora, revisora e tradutora. Apaixonada por artes, idiomas e comportamento.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Um dia qualquer


Era um dia como outro qualquer. Eu estava indo para qualquer lugar, que não lembro mais, de ônibus. Talvez eu estivesse voltando do trabalho, ou indo. Não importa, só sei que era um daqueles dias em que nada parece acontecer de especial.

Ouvi uns barulhos vindos de trás de mim, no ônibus. Alguém fazia esses barulhos, e eu percebi que tinha alguém especial ali. Só dei uma olhada pra trás, e vi que era uma menina, de uns dez ou onze anos, com síndrome de Down. Virei para a frente de novo e segui minha viagem.

Mais tarde, vi que ela tinha se levantado para descer da condução. Quando passou por mim, eu sorri, e ela retribuiu. Não só com um sorriso, mas com um beijinho no meu rosto. Assim, do nada.

Achei aquele gesto tão meigo, tão doce... Sorri e vi a minha menina indo embora. Provavelmente nunca mais a verei. Mas esquecer aquele gesto, certamente nunca mais.