Quem sou eu

Minha foto
Petrópolis, RJ, Brazil
Danny Reis, cantora, revisora e tradutora. Apaixonada por artes, idiomas e comportamento.

domingo, 26 de agosto de 2012

Cadê a espontaneidade?


Ontem, após assistir à reprise de um programa Chico & Caetano, no canal Viva, escrevi no Facebook:

"Um barato assistir Chico & Caetano no Viva! O programa tinha uma espontaneidade incrível, além das músicas, óbvio.

Ainda agora, apareceu o Chico errando a letra de "O quereres" (alguém consegue cantar inteira aí?) logo no início. Aí ele levanta os braços, para os músicos pararem, e diz: "Já errei. Ainda insisto nessa profissão! Mas estou dando tudo de mim, viu, Caetano?", no que este responde: "Mas não exagera".

O público morre de rir e recomeça.

Onde foi parar essa espontaneidade hoje em dia? Até o que parece espontâneo hoje foi ensaiadíssimo...

Ainda bem que existem as reprises!

Ah, um detalhe: que batom é esse, Caetano???!!"

Aí, um amigo comentou que minha pergunta tinha duas respostas: que falta a genialidade da época; e que a Globo engessa tudo o que se propõe a transmitir.

Fiquei pensando: será que tudo se resume à Globo ou ao padrão dela? Ou isso é resultado de um emburrecimento geral? E mais: será que falta mesmo a genialidade da época (que nem está tão distante assim)? Ou simplesmente ela está mais escondida por não ser valorizada? Acredito mais nessa segunda hipótese.

Outro dia mesmo, outro amigo deixou essa questão no ar: será que se o Edu Lobo, ou o Milton Nascimento, ou mesmo o próprio Chico Buarque aparecesse hoje, ele teria o mesmo sucesso? Ou eles (e outros) não seriam a mesma oportunidade? Será que eles estariam amargando um fracasso de público, que precisariam procurar um emprego para sustentar sua arte?

Não sei essas respostas. Fiquei apenas pensando, e resolvi trazer para cá essas reflexões. O que vocês acham? Comentem!

4 comentários:

  1. Não deixe de ir ao CCBB ver a exposição sobre Elis. Ela "agregava", como se diz hoje, tdos os ingredientes que a gente vê (ou procura) soltos por aí.

    :)
    bjs
    Tommy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Tommy! Estou louca pra ir. Acho que vou sábado! :)
      Beijão!

      Excluir
  2. Olha Danny, a Rede Globo tem milhões de defeitos, óbvio...
    Mas confesso a você que nessa semana em especial, fiquei muito grata por essa emissora existir, pois graças a ela podemos ver interpretações inesquecíveis de Elis Regina, por exemplo. Hoje, vendo o vídeo de "Aos nossos filhos", gravada para um especial da Globo em 1980, fiquei pensando: graças a Deus que alguém gravou isso para que eu pudesse ver!
    Pode ser um pensamento meio egoísta, mas...

    p.s: adorei o blog!

    Beijos...
    Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice!
      Que bom que você realmente me visitou e ainda comentou! :)
      Sim, ela tem defeitos, mas realmente essas reprises são tudo! Assim, o que foi feito lá atrás tem seu devido valor. Mesmo que seja só para o nosso prazer, bem egoistamente falando. rs
      Um beijão e volte sempre!

      Excluir

Revise também!