Quem sou eu

Minha foto
Petrópolis, RJ, Brazil
Danny Reis, cantora, revisora e tradutora. Apaixonada por artes, idiomas e comportamento.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Meu canto




Muita gente me pergunta quando eu comecei a cantar, e eu sempre me enrolo pra responder. Aí, digo: a sério mesmo, há coisa de cinco anos. Mas faço aula de canto há muito mais tempo. E se for parar pra pensar, comecei a cantar quando era criança.

Toda criança gosta de cantar. Toda. Eu, pelo menos, nunca vi uma que não gostasse. A gente aprende aquelas musiquinhas infantis primeiro, depois vai ouvindo outras coisas... Sei lá se eu era afinada. Hoje eu acho que sim, mas talvez esteja sendo complacente demais comigo mesma. Excesso de autoestima. Vai saber...

Só sei que fui crescendo e ouvia muita música, especialmente brasileira. Por gosto mesmo. Porque comecei a aprender inglês pequena, com uns oito anos de idade, por aí. Então, eu entendia as músicas em inglês que me chegavam. Mas a música brasileira sempre me pareceu mais interessante e inteligente.

Meus pais gostavam de “música cafona” – pra mim, na época: Elis, Chico, Cartola, Gonzaguinha, Gonzagão, Gil, Caetano. Eu curtia Legião, Ultraje, Barão. Mas relevem: eu era adolescente. Hoje gosto de tudo que meus pais ouviam e mais um muito. Ah, Paralamas eu curto até hoje, e bastante. Salve Herbert!

E cantava escondida (era um bicho-do-mato de tão tímida), trancada no banheiro. Pra dizer a verdade, até hoje não canto muito na frente das pessoas. Me sinto incomodando. A não ser no palco, lugar sagrado. Ali eu me sinto em casa. Vai entender minha cabeça!

Posso dizer que o banheiro foi meu primeiro professor de canto. Ali, imitava as cantoras que eu gostava – Zizi Possi, principalmente. Mais tarde, Marisa Monte. Bem mais tarde vieram outras: Marianna Leporace, Monica Salmaso, Ceumar  – mas aí, eu já fazia aula “formal” de canto. Banheiro, só durante o banho. E é bom cantar no chuveiro! A acústica é ótima.

Como diria Chicó, do Auto da Compadecida, só sei que foi assim.

4 comentários:

  1. O meu banheiro não é por acústica, é por vergonha mesmo, rsrsrsrs!!!! Bjos!

    ResponderExcluir

Revise também!